Sessão matinal

Na falta de qualquer assunto emocionante ou pensamento criativo (a.k.a. vida entediante e monótona), mas considerando que o presente blog se encontra há uma semana sem atualizações, resolvi escrever hoje.

O fato é que, com a aproximação do início da vida (a.k.a. aulas), tenho tentado consertar meus horários malucos de férias, passando a acordar às 6am ao invés de ir dormir a essa hora. É claro, é óbvio ululante, que eu jamais (lê-se “jamé” – en français!) conseguiria começar a minha vida tão cedo a não ser por uma necessidade maior (a qual está por vir semana que vem), portanto ainda me permito olhar para o despertador e dormir mais um pouco. Alguns dias vou até 07:30, outros (como hoje) até 08:30, mas o que interessa é que já me acostumei a ter vida antes do meio-dia.

Para manter-me acordada uma enorme quantidade de café está sempre à minha disposição, mas o que tem feito mesmo as alegrias de todas as manhãs é… a Xuxa! Não, tô zuando. Há séculos ela não é alegria de ninguém (nem da Marlene Matos e, triste é a vida, mas nem do mundo da fofoca). Minhas alegrias têm sido os filmes. Na ânsia, consegui ver até uma quantidade razoável deles.

Dentre os que me lembro (Bonecas Russas, Antes do Pôr-do-Sol, Asas do Desejo, Sweeney Todd e O Escafandro e a Borboleta) gostaria de destacar um que comecei a ver por obrigação, mas que é um primor e uma fofura: Persepolis.

Não vou escrever uma sinopse porque 1) eu estou com preguiça e 2) gosto de ver filmes sem ter mínima noção do que se trata, presumindo assim que esta seja a melhor maneira de se surpreender com todos os acontecimentos da história.

Sem mais no momento eu me despeço para ir ver o último episódio de Lost.

Anúncios

3 Comentários

Arquivado em Uncategorized

3 Respostas para “Sessão matinal

  1. Marcelo

    Primeiro, encontrei seu blog num fórum do Making Off, para adicionar o selinho pra divulgar o site.Pois bem, gostei da sua forma de escrever e, como já era esperado (haja vista de onde te encontrei, hehe), o gosto por cinema – Antes do pôr do sol é ótimo… O Escafandro e a Borboleta já baixei, mas a preguiça não permitiu que eu assistisse, ainda.”gosto de ver filmes sem ter mínima noção do que se trata”… Perfeito!!! hehe.Gostei, e passarei por aqui mais vezes. Vai pra lista dos favoritos!

  2. Luis Fernando

    o bom dos filmes é que sempre há algo para se discutir a respeito deles. nenhum filme é tão ruim que não se possa falar dele, nem que seja para rir.e, sobre a volta à “vida”, se eu estivesse com um mínimo de empenho, como o seu, estaria deitado agora. nada que o café não resolva, amanhã!

  3. Helen

    Eu sempre ensaio que vou baixar miliquinhentos filmes pra ver, mas acabo deixando de lado. E, nesse mesmo ritmo, vai Lost.Eu já estou chegando no ponto de merecer (por maldade – justa – alheia) que me contem todos os acontecimentos e tirem de mim a emoção do inesperado. Oh!Atualiza, chuchuleide!Besos! =****

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s