Tell me why

Bem, não é caso de rir. Só que, claro, eu com a minha mania incontrolável de rir das coisas erradas (e na maioria das vezes na hora errada e na frente das pessoas erradas ainda por cima) não pude deixar passar essa ocasião. Mas vamos lá.

Tá todo mundo sabendo da gripe suína, tá todo mundo com medo dela, tá todo mundo evitando viajar pros países que são foco da doença (bem, não que eu conheça alguém que tenha desistido de viajar, mas essas são as notícias) e tá todo mundo exigindo medidas de prevenção por parte de seus respectivos governos. Beleza. Coisa bonita, pessoal conscientizado, preocupado… Mas o homem tem sempre umas coisas muito criativas. Não é que, no meio de um jogo de futebol de um time do México contra um time de algum outro país que não importa, um jogador não faz isso? :

Eu sei que esse vídeo deve ser o novo Susan Boyle no mundo do YouTube, mas mesmo sendo notícia velha eu simplesmente tinha que postar. Porque ao contrário do que todos fizeram (o certo, aliás, que é de cara ficar com nojo do cidadão), o que me veio imediatamente à cabeça foi: “gente, que criatividade!!!”. Porque pensa: o jogador da p* da vida. Ele tá doido pra dar uma de Edmundo e descer braço e pontapé no carinha do time adversário. No entando ele sabe que isso vai chamar muita atenção e que vai dar no mínimo um cartão vermelho, isso se ele não for punido mesmo pelo órgão que cuida do futebol (como que chama? É a FIFA?). Enfim, até aí tudo bem…: ele tem um ódio contido, um desejo de descontar aquilo tudo em alguém e não sabe como fazer. Aí lhe vem a brilhante idéia de tossir. Pela primeira vez na vida ele deve ter pensado: “Nu! Como vale a pena ser mexicano agora!”.

A grande questão pra mim, no entanto, a coisa que está me fazendo rir loucamente toda vez que penso nessa cena é a associação que ele fez. Que processo cognitivo se operou na cabeça do ser pra ele chegar a essa associação? Porque sério, desde quando essas palavras juntas fizeram algum sentido? FUTEBOL, AMEAÇA, TOSSE.

*Ao som de The Beatles – Tell me why

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

2 Respostas para “Tell me why

  1. Helen

    Quando eu soube também chorei de rir (não vi o vídeo porque sou nojenta assumida)! Só que parece que o adversário havia ofendido o mexicano…foi um negócio meio zidanesco, sabe? (Porque a cabeçada lendária foi ‘justificada’ com um: ‘ele ofendeu minha mãe/irmã/avó’)Taí! Jogadores de futebol ofendidos em campo tendem a reagir de forma violentamente estranha: cabeceiam o adversário, tossem na cara dele…um verdadeiro caso de estudo antropológico…kkkkkkkkkk_____________________________”Pela primeira vez na vida ele deve ter pensado: ‘Nu! Como vale a pena ser mexicano agora!’.”Quando é que vou poder pensar o mesmo do Brasil sem estar comendo churrasco?_____________________________Somente a título de curiosidade, parece que o tal jogador acabou sendo suspenso (não sei por quanto tempo)a despeito de ter deixado a idéia de interpretar o Edmundo pra lá. Bleh!

  2. Camila Lobato Rajão

    As pessoas são extremamente criativas principalmente quando se trata de agredir alguém. Estão ai todos os métodos de torturas possíveis já inventados, agora com o reforço da tosse.Como andam dizendo, quem morre de gripe suína vira espírito de porco. Alguns nem precisam morrer pra isso, mas pelo menos nos redem bons momentos cômicos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s