How does it feel?

Existem pessoas que não são muito de shows. Para que ficar em pé, apertado, em meio a tantas pessoas, escutando às vezes mal ou escutando as vozes da multidão ao seu redor ao invés do artista que curte? Ainda mais se você pode escutar, na traqüilidade do seu lar, da sua poltrona, da sua cama, do seu carro, uma versão bem gravada num estúdio de alta qualidade.

Acontece que eu curto shows, mas ele é sim totalmente diferente da versão gravada que estamos acostumados.

Eu acho que o show é como uma performance. Eu gosto de ver os caras empolgados com a própria música, empogados com o público, mudando a música aqui e ali… O show tem que me dar uma experiência que ouvindo o CD ou vendo um DVD eu não consiga alcançar. Por que qual é o motivo de pagar ingressos tão caros se não para uma nova experiência?

***

Existem artistas que sabem como empolgar uma platéia. Aliás, são artistas que não vêm as pessoas ali como mera platéia, apenas receptiva, mas como parte daquilo que está acontecendo. Eles envolvem, te fazem entrar na música e se sentir parte daquilo que está sendo produzido de uma forma sensacional.

E tem aqueles meio esnobes. Tipo o Bob Dylan. Mas tá, a gente sabe que o Bob Dylan sempre foi assim e ir a um show dele é mais por causa do status dele de lenda viva do que pela qualidade da performance (ou da voz) em si. Mas eu absolutamente não aceito bandas tipo Arctic Monkeys esnobando público, como aconteceu no Lollapalooza. Eu não sei como essa banda geralmente se comporta em shows, mas dada a quantidade de gente que estava ali, o fato deles serem a atração principal e, mais do que isso, de ser um festival (o que implica em nem todos realmente conhecerem ou gostarem da banda), a obrigação por uma atuação no mínimo simpática cresce. E se você não quer bater papo com os fãs à la Foo Fighters, tudo bem. Você pode simplesmente ser energético, demonstrar que curte tocar a própria música, como tantas outras bandas fizeram. Porque se você mesmo não se empolga com seu som, não dá pra esperar que todo mundo vá à loucura.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

2 Respostas para “How does it feel?

  1. Helen

    Olha, mas tá pra nascer alguém que vai me explicar porque Arctic Monkeys presta. Sinceramente, nunca achei NADA de mais nessa banda. Pronto, falei. Depois de saber disso, então…pfffffff.
    Beijo, I miss u!

    Obs: menina de Deus, hoje no busão eu vi o trailler d’O Hobbit e voltei 12 anos no tempo. Biba, como a vida voouuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!

    • Olivia

      Ah, não era uma banda que eu escutava freneticamente, mas assim, tinha umas músicas legaizinhas. Só que nossa, fiquei numa antipatia depois do show! Eles nem deram boa noite ou tchau, simplesmente foram embora. Aff.

      E vi sua msg! haahha! Q desespero, Lela! Calma, mas sao 12 anos mesmo? Eu lembro q a gente tava tipo na oitava série, isso foi 2001. Ok, 11 anos. Hahahaha!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s