Oh happy day

Dias felizes estão chegando, porque o furor do verão americano faz a alegria do cinema no mundo todo.

Alguém ainda fica surpreso com a carinha do Johnny Depp de maquiagem macabra?

Junho e julho são ótimos meses para o cinema blockbuster, e para a nossa alegria (ops) HQs e Tim Burton agora são muito mais amados, a Kristen Stewart resolveu estar num filme aparentemente muito bom e ainda por cima a Pixar leu meus pensamentos.

Ontem estreou Sombras da Noite, dirigido pelo Tim Burton e estrelado, óbeveo, pelo Johnny Depp. Olha, a obviedade da parceria está longe de tirar minha vontade de assistir o filme, mas eu gostaria de ver mais algum outro ator nesses papéis freaks. Assim, só pra dar uma renovada, sabe?

Vamos ver como reinventam a história.

                                                                                           Dia 6 de julho será dia do começo de uma nova saga. O Espetacular Homem Aranha, interpretado por Andrew Garfield (que fez o brasileiro naquele filme chatinho do Facebook – não entendo o bafafá – e o cara em Never Let Me Go – livro, aliás, que está em algum lugar no caminho dos EUA para o meu lar), está assim, despertado a minha curiosidade. O fato é que o casting foi lá e selecionou os novos queridinhos da América, com esse par romântico completado pela Emma Stone, que aparentemente bomba demais por lá. Assim, nada contra, vi só dois filmes com ela (um, aliás, que recomento para aqueles que nutrem um amor incondicional por comédias românticas adolescentes dos anos 80 – ) e ela parece simpática, mas meio que tive a impressão dela ficar na mesma atuação. Vamos ver esse aí. Mas enfim, eu curto filmes de super-heróis no cinema e mega me lembro de ter ido ver umas duas vezes quando o Tobey Maguire estreou como Peter Parker, então vamos lá.

Todos cult ama.

Aí tem Na Estrada (ou On The Road) no dia 13 de julho. Aliás, não entendi porque o título do filme foi traduzido se o livro é encontrado por aí com título original e, quando tem subtítulo, é Pé na Estrada. Mas editoras são diferentes de distribuidoras de filmes, não é, e com essa febre estranhíssima de só colocarem cópias dubladas, até que faz sentido a tradução. Mas então, o auê em cima desse aí é porque tem a Kristen Stewart, mas o elenco está bem forte, ainda com Steve Buscemi, Viggo Mortensen (eternamente Aragorn no meu coração), Amy Adams… Vou ver se consigo ler o livro até lá, porque né, é desses livros obrigação e que eu já fiquei louca atrás, mas depois meio que murchei com a idéia. Veremos.

Dá pra chorar de emoção até com o pôster.

E aí que as duas semanas seguintes vão ser de muito enlouquecimento de minha parte. Dia 20 de julho eu vou ficar mucho locona querendo ir ver Valente, a nova animação da Pixar. O negócio é que não bastasse ser coisa da Pixar, ainda é passada na ESCÓCIA. Vamos repetir: Es-có-cia. E olha só: pré-romanos (ou foi o que entendi). Então que eu serei transportada praquele mundo celta via Pixar, por isso tô vendo choradeira e tal, tipo choradeira felicidade e olhos brilhando à la contos de fadas, sabe? Tudo seria completo se eu conseguisse ver legendado, porque as vozes são de escoceses, minha gente, é com sotaque! Mas se nem filmes voltados para o público adulto estão vindo mais legendados, o que dizer de animação, que via de regra é tida como coisa de criança? Tudo bem, não colocando o Luciano Huck pra dublar como estragaram fizeram em Enrolados, dá pra viver. A dublagem brasileira, sobretudo pra coisas da Disney, geralmente é bastante cuidadosa mesmo.

Batman

Arrepios

E no fim de julho eu acho que vai ter um colapso coletivo, o mundo inteiro tendo convulsões por finalmente ver o último filme da trilogia do Christopher Nolan: Batman – O Cavaleiro das Trevas Ressurge. O cara basicamente reinventou o jeito de se falar sobre e ver o Batman, ou mesmo filmes de super-heróis de maneira geral. Ele levou essa categoria de filme pra outro nível, fez com que a indústria e a crítica respeitassem muito mais esse tipo de empreitada… Ou sei lá, posso estar falando abobrinha também, mas é que não me lembro de atuações reconhecidas nesse gênero, como aconteceu em O Cavaleiro das Trevas com o Coringa mais genial de todos os tempos, o Heath Ledger, ou mesmo críticas gerais tão favoráveis.

E é isso. Aí a magia do verão acaba e tudo volta ao normal, com filmes tipo Katy Perry – Part of Me voltando a dominar o circuito (qual é essa mania de cantor pop de lançar filme, hein?). Mas teremos tido um lindo verão, embora seja inverno.

Anúncios

7 Comentários

Arquivado em Uncategorized

7 Respostas para “Oh happy day

  1. Oh, mas nãO se esqueça, nós teremos O HOBBIT!!!!!!!!!!!!!

  2. Guess Who-oo (Lela)

    Biba, lendo esse post tive a impressão de que, se fosse falado em vez de escrito, seria naquele seu tom de “estou-tendo-um-ataque-falando-muito-rápido-e-não-tenho-tempo-para-tomar-fôlego-me-desculpe”.

    Estou mucho locona (kkkkk amei) pra que o último Batman chegue logo, os dois primeiros são maravilhosos…fora que são os responsáveis por, definitivamente, marcar Christian Bale no meu coração. Tchutchuzinho.

    E, olha, sobre essa onde de filme dublados que eu só tomei conhecimento por causa do Twitter do Pablo Villaça: eu já vou ao cinema porque não posso, mesmo. Agora é que eu baixo as coisas sem dó nem piedade meeeeesmo.

    Beso! E o nosso almoço, enrolada? kkkkk

    • Olivia

      Ou, e até que eu escrevi em duas sentadas (normalmente vai tudo de uma vez porque eu fico impaciente pra terminar logo), então teoricamente dava pra ter pensado mais. Mas é isso aí, quando eu abri o calendário de estréia dos proximos meses fiquei aqui com aquela cara de anime babando na frente da tela. Mas aqui, dá pra achar sessões legendadas, o pátio savassi geralmente disponibiliza cópias (eu queria ver branca de neve e pela minha pesquisa online só lá tinha legendado, mas nem fui) e é um bom cinema, mas recomendo tb o do Boulevard. Hj fui no del rey, depois de ANOS e o cinema é muito ruim em comparaçao. Mas vá ao cinema! Não deixe de criar a Clarissa no mundo da magia Disney! Nós fomos assim! (E quero pensar que deu tudo certo, apesar de eu ser uma velhota de um quarto de século que ama contos de fadas – e não tô nem aí!)

    • Olivia

      Ah, e o Christian Bale é amor, mas ele de barba… OU!!!!!!! Eu quero possuí-lo!!!!!!!

  3. Guess Who-oo (Lela)

    Mi discurpi: eu já NÃO vou ao cinema…

    =)

  4. bem ansioso para ver os novos batman e homem aranha

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s