I’m gonna get dressed for success

“Aqui nós seguimos um dress code, o que significa que você terá que vir de traje social.”

***

Quando falamos de aparência, pensamos em duas coisas: de um lado, temos um grupo de pessoas que considera desleixado aquele que não se interessa por moda, de outro aqueles que classificam os que se importam com a aparência como fúteis e superficiais.

Como eu julgo as pessoas mesmo (assim como sou julgada), vou dizer logo de cara que não gosto de nenhum desses dois extremos. Porque extremos, como se sabe por aí, nunca são bons.

***

“Não precisa ser terninho, não é tão rigoroso assim: uma blusa mais arrumada, calça social e sapatinho de salto.”

***

Então eu comecei a me importar com o jeito de me vestir. Isso não significa que eu acompanhe revistas de moda, que tenha como ídola absoluta a Gloria Kalil nem Anna Wintour, que eu só me importe com as últimas tendências da moda (o que é isso, meu deus???), que corra pra comprar a bolsa, o sapato, a calça ou a estampa do momento. Eu vejo coisas que estão por aí e, se eu gosto, eu quero ter também.

Eu também não gosto de usar o que todo mundo está usando, mesmo que inicialmente eu tenha gostado daquele item em particular. E eu fiquei pensando nessa bobagem minha, até chegar à conclusão de que não é bobagem.

De uma forma ou de outra, o jeito de vestir diz alguma coisa sobre a pessoa. Ou pelo menos eu acho que é assim no meu caso. O maneira de vestir acabou virando uma forma de se expressar visualmente, e sinceramente eu não vejo nada de errado com isso. Eu não uso decotes, não curto salto alto nem brincos grandes. Na maioria das vezes não uso essas coisas porque não acho que me caiam bem ou, no caso do salto, porque eu gosto de conforto, mas na maior parte dos casos eu simplesmente me olho no espelho e… não tem nada a ver comigo.

O uniforme é uma medida para tentar igualar todas as pessoas, a princípio. Mas, mais do que isso, quando temos um uniforme de trabalho que não existe devido às características específicas do trabalho (como macacões, capacetes, calçados adequados), mas simplesmente por política da empresa, fico pensando nele apenas como uma maneira do empregador te dizer o que vestir e o que não vestir, de realmente possuir seu corpo e mais do que ditar onde você vai estar naquelas horas que ele te tem, mas também definir seus gestos, sua vestimenta, de fazer de você uma propaganda ambulante.

Agora, a roupa social é uma coisa que me intriga mais ainda. Porque tem mais a ver com a imagem que a empresa quer passar, e geralmente é uma justificativa de “temos que demonstrar seriedade” ou “somos uma EMPRESA”. Bem sabemos que o embrulho não dita necessariamente o conteúdo, mas a roupa social vai além – ela presume que quem a usa deve, pode ser levado a sério. Que a pessoa de terno e gravata realiza um trabalho de maneira mais competente do que quem está de Converse. Que a mulher de terninho é mais respeitável do que a de calça jeans. Em todos os aspectos o traje social visa colocar acima do resto e apenas polariza – existem dois tipos de profissionais: os bons, vestidos de acordo com a norma, e os ruins, que se vestem como querem.

***

Vista-se socialmente você também e faça parte de um time de sucesso!

*Ao som de Roxette – Dressed for Success

Anúncios

5 Comentários

Arquivado em Uncategorized

5 Respostas para “I’m gonna get dressed for success

  1. vc vai ter que usar uniforme no trabalho ou quer um trabalho novo onde te pediram pra usar uniforme?

  2. Helen

    Quando eu tinha uns 9 anos eu achava que não tinha nada mais “chique” do que trabalhar de roupa social/terninho. ¬¬

    Agora eu trabalho aqui, com pessoas que ___essa-parte-precisou-ser-suprimida-porque-estou-comentando-do-trabalho-te-falo-depois___ e também preciso usar roupa social. E acho um saco.

    Assim, por um lado é bom porque é pratico. É só você ter uma quantidade de calças e camisas que possam ser combinadas de formas diferentes e não precisa ficar pensando muito em frente ao guarda roupa de manhã.

    Por outro lado é chato porque você está sempre do mesmo jeito. E eu enjoo muito fácil das coisas, além de que,particularmente, acho que não sou eu mesma quando estou de terninho, fico até meio constrangida. De camisa e calça até que é mais tranquilo.

    Meu tédio é tanto que eu sou a pessoa que mais desafia o ‘dress code’ aqui no departamento em que trabalho. Sempre venho de calça jeans, vez ou outra de all star e até com o meu oxford rosa choque já apareci. Por esse motivo sou considerada “excêntrica” pelas pessoas que trabalham comigo. ¬¬

    Esse negócio de querer aparentar alguma coisa é f*. De quê adianta todo mundo bem vestido e incompetente? Não é a sua roupa que define o seu trabalho.

    Maledetos!

    (Estou revoltada)

  3. Helen

    Ah! Tem algumas lojas na Rio de Janeiro, em frente ao Banco do Brasil, que tem camisas muito fofinhas e que passam tranquilamente no que o pessoal chama de roupa social.

    Elas tem detalhes que nos agradam e que deixam a roupa com menos cara de “sou séria demais para essa conversa” (detesto essa cara).

    Já comprei lá camisas com bolso com detalhe de lacinho, botões tanto na frente quanto nas costas, estampas fofas…enfim. Algo pra sair da calça preta + camisa branca que tanto me entedia.

    E o melhor é que lá é barato! Tem uma que a sacola é verde (hahahaha) que é ótima! Acho que chama Contagie. E as camisas mais fofas de lá são da marca Canoni.

    Espero que ajude 🙂

    • Olivia

      Nossa, mil obrigadas pela dica! Assim que aliviar aqui a correria (e eu realmente começar lá) vou comprar umas coisinhas nessa loja. Vai ser dificil achar qual a loja da sacola verde, mas farei ume esforço tb! hahahaha!

      Ou, mas é, esse negócio de dress code tira sua identidade, e a gente se expressa (tá certo isso?) pelas roupas tb, né? Sei lá, as roupas sao parte da nossa identidade, e minha identidade nao é saltinho e calça social. Nossa, eu abomino calça social, é uma coisa q tb nao fica bem em todo mundo… Mas arranjarei maneiras de driblar essas regras sempre q possível.

      Besos, amora!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s